Sobre

Domingos Santos

Um pouco sobre mim: Olá. O meu nome é Domingos Santos, tenho 47 anos, sou casado, pai de 3 filhos fantásticos, e tenho 2 duas paixões. A família e a fotografia.Sou a terceira geração de uma família dedicada à fotografia há mais de 90 anos.Tudo começou quase há 100 anos. O meu avô abriu o nosso primeiro estúdio, nos Carvalhos, com o nome de Foto General. O meu pai e o meu tio, seguiram-lhe as pisadas. Passados uns anos, mais concretamente em 1970, tinha eu pouco mais que uma semana de vida, o meu pai decidiu vir para Espinho, abrindo a Foto Artis, estúdio de referencia a nacional, durante muitos anos. O meu irmão, Jorge Santos, desde pequeno mostrou grande sensibilidade para a fotografia, começando a fotografar casamentos aos 13 anos. Rapidamente se tornou numa referencia nacional também. Foi o 1º fotografo Português a ganhar o Prémio Goya. Foi o 1º fotografo português e dar conferencias no estrangeiro, foi o 1º QEP Português e o 1º mestre fotografo Português. Em 1987 eu integrei a equipa da Foto Artis, na altura a fazer video. Nunca me atraiu muito, e passado cerca de 3 anos, comecei a fotografar. Em 1992, eu e o meu irmão saímos da Foto Artis, e montamos outro estúdio chamado Jorge Santos&Irmão. Ainda não estávamos abertos, e tínhamos 60 casamentos marcados. Em 2000, o meu irmão decidiu sair da sociedade. Queria dedicar-se a outras áreas da fotografia. A empresa Jorge Santos&Irmão acabou, e apareceu a Domingos Santos, que perdura até aos dias de hoje. Sei que a pergunta vai ficar no ar, mas tiro desde já as duvidas. Não tenho prémios, não sou QEP nem Mestre, nem outro qualquer prémio. A razão é simples, não gosto de concursos nem de prémios, e como tal nunca concorri a nada. Poderia ter ou não, mas este sou EU. O único prémio que me move, que me faz vibrar e andar sempre à procura de fazer melhor são meus clientes. São os sorrisos, as vezes as lágrimas, as expressões de admiração, as perguntas "mas onde é que estavas que não te vi". A vossa felicidade é o único prémio que preciso.